JESUS - tangível, acessível e alcançável

Nos quatro evangelhos do Novo Testamento, é seu nome mais comum - usado quase seiscentas vezes. E como seu nome era comum! Jesus é a forma grega de Josué ou Jesus - nomes muito familiares do Antigo Testamento.

Atribulados, mas não angustiados

Esse é o primeiro limite que Deus coloca ao sofrimento do justo: a angústia. Em tudo ele pode ser atribulado; pode até sentir angústia por um momento, mas não pode viver angustiado

Entre a Fé e a Razão

Pois é! Está na hora, chegou o grande momento! O instante que chega ao menos uma vez na vida para todos nós. Há uma decisão a tomar, mas, não é qualquer decisão, é a decisão!

A vontade de Deus e as contradições da vida

As promessas do Senhor são confiáveis e infalíveis. Entretanto, muitas pessoas que enfrentam situações difíceis enquanto esperam que aquilo que Deus prometeu cumpra-se em sua vida, costumam perguntar: “Por que as promessas do Senhor não se realizam da maneira como desejamos, e no tempo que achamos ideal, propício?”.

PT e o Governo querem impedir a pregação do evangelho no Rádio e TV

O governo federal prepara um pacote de medidas relacionadas à legislação de rádio e TV. De acordo com o portal da Folha de S.Paulo, que afirma ter tido acesso à última versão da minuta do decreto, o pacote foi batizado de “novo marco regulatório da radiodifusão”, tendo como principal polêmica a proibição expressa do aluguel de canais e de horários da programação de rádio e TV.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Amor, o caminho mais excelente!





É interessante como as pessoas procuram tanto imergir nos dons espirituais ( profecia, maestria, milagres...) que se esquecem de procurar com a mesma intensidade O Fruto do Espírito. A igreja de Coríntio era cheia de dons, mas também possuía IMATURIDADE E CARNALIDADE! E ainda mais, lhes faltava um fruto de grande importância, O AMOR!

Também é interessante como Paulo escreve o cap.12 (falando sobre os dons e sua organização em meio a igreja), não sei, creio eu (posição pessoal) que talvez a questão estivesse gerando problemas ou meio bagunçada. Acredito que hoje, ainda temos problemas com isto no meio da igreja. Faltam esclarecimentos por parte dos líderes sobre esta ORGANIZAÇÃO DOS DONS, sobre como proceder durante a liturgia dos cultos. É verdade que ao Espírito Santo não se dá ordens, não o obrigamos a nada, pois, Deus age como lhe convém, dá dons a quem quer e como quer. Mas também é real o fato de que se Paulo escreveu um direcionamento e esclarecimento a Igreja em Corinto sobre os dons, sua diversidade e a ordem na manifestação destes dons durante o culto, é por que isto se fez necessário. Então hoje também é necessário, e sempre será até o retorno de Cristo.

Logo em seguida, ele escreve o capítulo 13.1 falando sobre o amor. E começa assim, "Posso agora mostrar-lhes um caminho ainda mais excelente..." Em seguida, começa a falar de forma quase poética sobre o amor. “Ainda que eu fale a língua dos homens e dos anjos, se não tiver amor serei como o sino que ressoa ou como o prato que retine.” Vs.1b Ele explica que ainda que tenhamos todos os dons Espirituais possíveis e existentes, fé, e obras se não houver amor de nada serve! Este caminho mencionado por Paulo é tão excelente que nos faz andar em AUTORIDADE! Você não precisa ter dons Espirituais para ter autoridade de Deus, mas você precisa andar em amor para servi-lo e ter intimidade com Ele gerando autoridade como consequência.

Você sabia que dons espirituais não são parâmetros para sua entrada no céu? Se você não fala em línguas, não se preocupe você pode ir para o céu! Se você não profetiza, não se preocupe você pode ir para o céu!
Mas, e se você não ama? Você vai para o céu? Digo sem medo de errar, Não! “Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.” 1João 4;8 E para chegar ao céu é necessário conhecer a Deus! É necessário amar! E o amor é Fruto do Espírito Santo.
Tem havido uma inversão de prioridade dentro das igrejas, uma busca incessante e uma supervalorização dos dons em detrimento do FRUTO (amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, mansidão e domínio próprio). Quando a excelência está em os dois andarem juntos, pois assim vemos em Cristo!

Sejamos cada dia mais parecidos com Ele!


No amor daquele que nos amou primeiro...


Cláudia Melo

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

A maneira de Deus é melhor

Porque quem compreendeu a mente do Senhor? Ou quem foi Seu conselheiro? 
Romanos 11:34

Precisamos entender de uma vez por todas que Deus é mais esperto do que nós. O plano Dele é melhor. Não importa o que você e eu pensemos, a maneira de Deus é sempre melhor do que a nossa. Fazendo uma retrospectiva agora dos muitos períodos de frustração pelos quais passei toda minha vida, tentando dar início às coisas no meu prazo determinado e ficando frustrado por ter de esperar, agora vejo que na verdade não estava preparado, mas achava que sim. Passei muito tempo perguntando, “Por que, Deus, por quê?” e “Quando, Deus, quando?”. Eu fazia perguntas para as quais somente Deus tinha a resposta, e Ele não tinha nenhuma intenção de respondê-las. Lembre-se que Deus quer que confiemos Nele, não que lhe façamos perguntas.

Descobri ao longo dos anos que confiança requer questões não respondidas. Quando nos deparamos com situações que nos deixam sem saber o que fazer, deveríamos dizer: “Senhor, isto não faz nenhum sentido para mim, mas eu confio em Ti. Acredito que Tu me amas e que irás fazer o que é melhor para mim no momento certo”. Deus não precisa do nosso conselho para trabalhar; Ele precisa da nossa fé. 

Em Êxodo 33:13, Moisés orou pedindo a Deus que lhe mostrasse os Seus caminhos: Agora pois, se tenho achado graça aos Teus olhos, rogo-te agora que me faças saber o Teu caminho, e conhecer-Te-ei, para que ache graça aos Teus olhos: e atenta que esta nação é o teu povo”. Deveríamos fazer essa oração regularmente, lembrando que os caminhos de Deus incluem o tempo em que Ele resolve fazer as coisas. 

Fonte: lagoinha.com 


segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

A Obra Mais Refinada de Deus

Imagem: MVC



Por esses dias estive pensativa sobre como Deus tem cuidado de nós. 
Em meio a algumas lutas (e luta quando vem, vem de enxurrada) fiz muitas perguntas ao Senhor sobre o porquê de cada angústia que sentia, ou o motivo para tantas dificuldades. Afinal, por que Deus permite que coisas tão ruins nos aconteça? Ou por que fazemos tudo certo, mas sempre algo dá errado? E, de repente fui pega de surpresa pela palavra de Deus transcrita em um dos livros do Max Lucado, que diz o seguinte:

O barco se inclinava e era arremessado de um lado para outro. A chuva caía do céu noturno a cântaros. Relâmpagos cortavam a escuridão como espadas de prata. Os ventos golpeavam as velas, deixando o barco dos discípulos “a considerável distância da terra, fustigado pelas ondas” (Mt 14.24).

Seria essa uma descrição precisa, talvez, do estágio em que você se encontra na vida? Talvez tudo o que precisamos fazer seja substituir alguns substantivos... No meio de um divórcio, golpeado pela culpa. No meio de uma dívida, golpeado pelos credores.

Os discípulos lutaram contra a tempestade por nove frias e molhadas horas. Por volta das quatro horas da manhã, o inacreditável aconteceu. Eles viram alguém caminhando sobre a água. “’É um fantasma!’ E gritaram de medo” (Mt 14.26).

Eles não esperavam que Jesus fosse até eles daquela maneira.


Nós também não.
Esperamos encontrar Jesus nos devocionais matutinos e na ceia da igreja. Nunca esperamos vê-lo no meio de processo legal, da execução de uma hipoteca ou numa guerra. Nunca esperamos vê-lo numa tempestade. Mas é nas tempestades que ele realiza sua obra mais refinada, pois é nas tempestades que ele tem nossa mais dedicada atenção.

Nele temos colocado a nossa esperança de que continuará a livrar-nos, enquanto vocês nos ajudam com suas orações. 2 Coríntios 1.10-11


Quanta esperança e alívio nessas palavras não é verdade?!

Em Cristo,
Marcela

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

A ansiedade

Por isso vos digo: Não andeis ansiosos... Mateus 6:25a

Tantas vezes nós nos preocupamos de mais com as coisas do nosso dia a dia, e a ansiedade vai nos destruindo. Talvez seja exatamente isso que está acontecendo na sua vida. Veja o que Jesus nos ensinou sobre esse tão difícil tema e seja agora tocado e restaurado por Ele.

Você já parou pra pensar quanta preocupação você já teve e que não adiantou de nada? Quantas noites de sono que você já perdeu e no outro dia não valeu de nada? O problema continuava la. E Jesus lhe perguntando: Por que você sofre tanto? Entenda pela palavra, que há um sistema acima de você que Eu cuido e governo diariamente porém isso tudo não chega nem perto da importância que você tem para mim.

A ansiedade faz você discutir por motivos fúteis, agir de forma inesperada e sofrer males como estresse, estafa e depressão.

Diante de tudo isso, Jesus propõe algumas observações sobre esse tema. 

Olhai para as aves do céu... Qual delas passa fome? Quem dá comida pra elas? Será que se eu cuido delas, eu esquecerei de você?

Quem ensinou canto às cigarras?
Quem ensinou o caminho e a hierarquia das formigas?
Olhai os lírios do campo (sem brilho, odor, beleza, destaque, jardineiro, importância, ninguém sabe quem plantou ou regou). E, ainda assim, Eu, o vosso Deus, diariamente, cuido deles. E se Deus cuida disso que é desprezível, Ele não cuidará de você?

Quem deu ordem ao sol para nascer no outro lado do mundo?
Quem deu ordem à lua para governar a noite?
Quem está dando ordem às ondas para que não ultrapassem os seus limites?
Quem está dizendo aos ventos para que soprem?
Quem está mantendo as estrelas?
Quem está alimentando os pássaros agora?

Se Deus cuida de tudo isso, por qual motivo Ele não cuidaria de você?

Ele vai cuidar de você todos os dias!!!

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará. Salmos 91:1

Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei; Isaías 49:16a.
Ele jamais vai esquecer de você!!!

"Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança." Salmos 4:8.
De agora em diante, você vai dormir e descansar bem, enquanto aguarda com alegria o agir e o cuidado de Deus.

terça-feira, 4 de junho de 2013

E na última hora...


E estendeu Abraão a sua mão, e tomou o cutelo para imolar o seu filho; Mas o anjo do SENHOR lhe bradou desde os céus, e disse: Abraão, Abraão! E ele disse: Eis-me aqui. Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único filho. Gênesis 22:10-12

No limite das nossas forças e no último suspiro de esperança, Ele aparece trazendo uma solução.

Que tipo de dificuldade será que Deus encontra, que não lhe deixa chegar um pouco antes do momento em que Ele costuma chegar? Acredito que seja pelo simples fato de não dar a sua glória a ninguém. Quando ainda resta um pouco de esperança, força, inteligência, ou qualquer ferramenta que possibilite ao homem agir e achar que deu solução, Ele não intervém. Aí, quando os sonhos se frustram, as forças se acabam, o intelecto não resolve, Ele se levanta e age, para que a glória seja d'Ele e de mais ninguém.

"Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei..." Isaías 42:8

Ele livrou Daniel dos leões, mas não o livrou de ser jogado na cova com eles;
Ele livrou os três jovens da morte, mas não os livrou de serem jogados na fornalha;
Ele restituiu a Jó tudo em dobro, mas não o livrou das perdas;
Ele fez com que Davi derrotasse o gigante, mas não livrou o seu povo das afrontas dos filisteus;
Ele proveu cordeiro para o holocausto, mas, até o último segundo, não livrou Abraão do sofrimento de ter que executar o próprio filho.

Pense comigo: você acha que os seus problemas já o levaram aos limites extremos, ou ainda há forças para tentar por conta própria? Seja qual for a situação, não esqueça de que no último segundo Ele sempre chega com A solução.

Que Deus te abençoe a cada dia mais e mais.



segunda-feira, 8 de abril de 2013

41ª AGO - CGADB - Transmissão AO VIVO

Assista aqui à transmissão dos cultos realizados na 41ª AGO (Assembleia Geral Ordinária) da CGADB (Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil).



segunda-feira, 11 de março de 2013

Ao Vivo - Julgamento de Mizael Bispo

Julgamento de Mizael Bispo



Começa nesta segunda-feira (11) no Fórum de Guarulhos, na Grande São Paulo, o julgamento de Mizael Bispo de Souza, acusado de matar a ex-namorada Mércia Nakashima há três anos.
Antes de começar, o julgamento já garantiu um lugar na história. Pela primeira vez a justiça paulista vai permitir a transmissão ao vivo de um júri pela internet e TV.





Eliel Ferreira

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Papa bento XVI renuncia ao pontificado

Ele fez o anúncio pessoalmente nesta segunda-feira (11). Pontífice afirmou que vai deixar o cargo por conta da 'idade avançada'.


O Papa Bento XVI vai renunciar a seu pontificado em 28 de fevereiro.

Bento XVI anunciou a renúncia pessoalmente, falando em latim, durante o consistório para a canonização de três mártires.

O discurso foi feito entre as 11h30 e 11h40 locais (8h30 e 8h40 do horário brasileiro de verão), segundo o Vaticano.

O Vaticano afirmou que o papado, exercido por Bento XVI desde 2005, vai ficar vago até que o sucessor seja escolhido, o que se espera que ocorra "o mais rápido possível" e até a Páscoa, segundo o porta-voz Federico Lombardi.

O anúncio é praticamente inédito na Igreja Católica.

Em comunicado, Bento XVI, que tem 85 anos, afirmou que vai deixar a liderança da Igreja Católica Apostólica Romana devido à idade avançada, por "não ter mais forças" para exercer o cargo.

O Vaticano negou que uma doença tenha sido o motívo da renúncia.

O pontífice afirmou que está "totalmente consciente" da gravidade de seu gesto.

"Por essa razão, e bem consciente da seriedade desse ato, com total liberdade declaro que renuncio ao ministério como Bispo de Roma, sucessor de São Pedro", disse Joseph Ratzinger, segundo comunicado do Vaticano.

Na véspera, Bento XVI escreveu em sua conta no Twitter: "Devemos confiar no maravilhoso poder da misericórdia de Deus. Somos todos pecadores, mas Sua graça nos transforma e renova".

Sucessor de João Paulo II, Bento XVI havia assumido o papado em 19 de abril de 2005, com 78 anos.

28 de fevereiro
O Vaticano afirmou que a renúncia vai se formalizar às 20h locais de 28 de fevereiro (17h do horário brasileiro de verão).

Até lá, o Papa estará "totalmente encarregado" dos assuntos da igreja e irá cumprir os compromissos já agendados.

O novo Papa será escolhido pelo conclave de cardeais, como de costume.

Decisão surpreendente
O porta-voz do Vaticano disse que a decisão do Papa surpreendeu a todos do seu círculo mais próximo.

Ele afirmou que, após a renúncia, Bento XVI vai à residência papal de verão, em Castel Gandolfo, próximo a Roma, e depois irá morar em um mosteiro dentro do Vaticano.

Lombardi também disse que Bento XVI não vai participar do conclave, a reunião a portas fechadas que vai escolher seu sucessor.

O porta-voz afirmou que Bento XVI mostrou "grande coragem" no seu gesto, e descartou que uma depressão tenha sido o motivo da renúncia.

Lombardi descartou que Bento XVI vá interferir no papado de seu sucessor.

Em seu livro de entrevistas publicado em 2010, Bento XVI já havia falado sobre a possibilidade de renunciar caso não tivesse condições de continuar no cargo.

O últmo precedente parecido da renúncia de um Papa remonta ao ano de 1294, quando Celestino V abdicou antes de ser consagrado. Antes de ser designado Papa, ele havia vivido como um ermitão e disse que não se sentia preparado para assumir o comando da Igreja.

Repercussão
A chanceler da Alemanha, país natal do Papa, Angela Merkel, disse que está "emocionada" com a decisão e que vai se pronunciar mais tarde.


Fonte: G1

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Se o mundo acabasse agora você seria salvo?


Há perguntas na vida que a gente precisa saber a resposta, e salvação é uma delas. Não dá para viver uma vida com dúvidas sobre o que acontecerá depois da morte. Você precisa ter convicção plena que se seu coração parar de bater agora o que o aguarda é o reino de Deus e não o inferno. Mas o que pode lhe garantir? A resposta é simples, mas por ensinos errados, muitas vezes ficamos desorientados em vez de conscientes.
 “Eu sou o caminho a verdade e a vida e ninguém vai ao Pai a não ser por mim” (Jo 14.6), dizia Jesus durante o seu tempo de peregrinação na Terra. Ele ensina nessa frase que para você se achegar a Deus, precisa dele, não existe outro meio, solução ou caminho. Então, boas obras, ser nascido em lar cristão, ir 365 dias na igreja não o conduzem ao Pai, mas apenas Jesus. Você precisa estar em Cristo.
Para estar em Cristo, é necessário crer que Ele veio ao mundo, morreu e ressuscitou. “Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo.” (Romanos 10.9) No entanto, até o diabo crer em Jesus, então o que o diferencia dos espíritos malignos?
A resposta mais ideal é viver uma vida obedecendo a Palavra de Deus, crendo que Jesus é aquele que o libertou do pecado e lhe dá a salvação. Paulo alerta que a fé sem obras é morta. Portanto, se cremos em Jesus, acreditamos também na sua Palavra e seguimos as suas orientações.
Mas e se você esbarrar em alguma falha, perde a salvação? A resposta está em 1 João 1.9: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.” Arrependa! Confesse a Deus o que você cometeu e continue caminhando em Cristo.
Certo de ter tomado todas essas decisões, você pode entrar confiadamente no trono da Glória e declarar para o inferno, a terra e os céus ouvirem que agora você pertence a Deus e o céu é a sua casa.
Compartilhe este texto com pessoas que você conhece que ainda não têm certeza da salvação ou que ainda não entregaram sua vida para Cristo!
Texto da Érica Fernandes, no lagoinha.com

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Provas de Fogo


Gostaria de Compartilhar com vocês algo que o Senhor me acordou pela madrugada para ouvir e aprender mais dele. O interessante é que Ele nos chama para conversar quando estamos nos sentido fracos e indignos até mesmo de nos ajoelhar e orar mediante a Sua Santidade, Majestade e Glória. São nesses momentos que o inimigo vem com pensamentos contraditórios querendo nos acusar, nos lembrar do nosso passado, falando que Ele não nos ouvirá, que Ele não cumprirá as Suas promessas em nossas vidas, pois não as merecemos. Às vezes passamos por tantas situações e provações que até podemos fraquejar, cambalear, e até mesmo cair. Então é aí que Ele nos faz viver, de fato, o que é a Sua Graça de graça!

Entendi isso quando li a seguinte frase de J.C. Ryle e traduzo a vocês: “Se Somos Cristãos de Verdade, Não devemos esperar que nossa jornada para o céu seja fácil. Não devemos achar estranho o fato de termos que suportar nossas fraquezas, perdas, lutos e desapontamentos, assim como as outras pessoas. O Completo e livre perdão, o caminho de graça e glória até o fim, é tudo o que o Nosso Senhor tem prometido nos dar. Mas Ele nunca nos prometeu que não teríamos aflições. E Ele Nos Amou quando nos prometeu isso Também".

Logo em seguida estava escrito o seguinte versículo também: “Eu Tenho Lhes Dito Essas Coisas para que em Mim Vocês possam ter Paz. Nesse Mundo Tereis Provações. Mas Mantenham Seus Corações Firmes! EU JÁ VENCI O MUNDO!"  João 16:33.

Ou Seja... Nada do que passamos é maior do que possamos suportar. E o reino dos Céus é tomado a FORÇA! Deus permite que passemos pelo fogo assim como o ouro, para depois se tornar uma joia preciosa. Deus permite que passemos pelo deserto, mas Ele envia o maná e faz nascer água da rocha para nos saciar. As nossas fraquezas vêm para que o poder do Senhor venha se aperfeiçoar em nós, e para que provemos de seu perdão diário e reconheçamos que somos NADA SEM ELE, pois quando nos sentimos fracos, é aí que Ele nos faz Fortes; e quando estamos fortes é aí que estamos fracos. (II Cor. 12:10).

Então queridos, não deixe mais que o inimigo venha te dizer, ou colocar pensamentos negativos em sua cabeça. Não dê ouvidos ao que ele fala através de pessoas que às vezes podem estar tão próximas de nós para nos magoar e dizer palavras de derrotas, dizendo que algum sonho teu, projeto, ou que algo em sua vida não tem mais jeito, que já é caso perdido. Ele usa meios, fatos, algo que está diante dos nossos olhos para nos desestimular, para tentar nos parar no meio do caminho, nos fazer pensar que estamos “dando murros em ponta de faca”. Lembre-se do vale dos ossos secos, e profetize! Não murmure, não sinta pena de si, pensando que está sendo injustiçado por alguma situação difícil, que o Senhor não está colhendo suas lágrimas, que Ele não está escutando o clamor do seu coração. 

Lembra de Jó?!?!? Ele perdeu literalmente tudo, Deus permitiu que o inimigo levasse tudo dele, menos sua vida. Tudo o que o diabo queria era que Jó murmurasse e amaldiçoasse a Deus, usou sua própria esposa para falar isso. Porém Jó foi fiel até o fim, antes consolou e admoestou seus amigos que vinham para acusá-lo por muitas vezes. Ele confiou em Deus. E no final, o Senhor deu tuuudo em dobro, triplo um moooonte de vezes mais aquilo que lhe foi tirado. Tudo isso tinha um propósito já determinado em Deus...

“Então respondeu Jó ao SENHOR, dizendo: Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido. Quem é este, que sem conhecimento encobre o conselho? Por isso relatei o que não entendia; coisas que para mim eram inescrutáveis, e que eu não entendia. Escuta-me, pois, e eu falarei; eu te perguntarei, e tu me ensinarás. Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te veem os meus olhos. Por isso me abomino e me arrependo no pó e na cinza. (Jó 42:1-6).

Glórias a Deus porque NENHUM dos propósitos do Senhor em nossas vidas pode ser frustrado! Glórias a Deus porque no meio de nossas guerras, Ele nos faz nos achegarmos mais a Ele e conhecer mais de perto a Ele, vivendo a cada dia mais o seu cuidado, carinho, provisão, viver o Seu SOBRENATURAL, assim como foi com Jó. E todos aqueles que estão esperando como uma plateia a nossa derrota, VERÃO MÃO PODEROSA DO SENHOR A NOS ERGUER E NOS FAZER MAIS DO QUE VITORIOSOS PARAA GLÓRIA DE DEUS PAI!

“Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós. Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados. Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos; (2 Coríntios 4:7-9).

“Porque tudo isto é por amor de vós, para que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar a ação de graças para glória de Deus. Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles.

Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno.” (2 Coríntios 4:15-18).

Fiquem na Paz do Senhor!